quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Trabalhos de tecelagem "Olho de Deus"




As docentes do grupo 910 orientaram os alunos na produção de trabalhos originais. 
Aqui fica a explicação para os trabalhos de tecelagem (alguns expostos na biblioteca da escola secundária): 
"Na língua Huichol o “Olho de Deus” é conhecido como Si’kuli e significa “o poder de ver e compreender as coisas desconhecidas. Ver as coisas como elas realmente são”.
Tecelagem desenvolvida pelos índios do México e da Bolívia acreditam que são objetos sagrados; é associada à saúde, prosperidade, felicidade de quem a possui sendo feita pelo pai quando do nascimento de um filho com o propósito de lhe desejar um bom crescimento.
Cada cor de linha/lã tem um significado diferente como saúde, prosperidade, fé, esperança, felicidade amor… Quanto mais colorida for a tecelagem do “Olho De Deus”, mais serão os votos positivos para quem a possuir."

Dia Mundial da Filosofia


Comemorou-se, no dia 15 de novembro, o dia mundial da Filosofia. Este ano, em colaboração estreita com a Biblioteca Escolar, os alunos do 11.º ano desenvolveram o tema: “Pensamento crítico no mundo da hiperinformação”.
Destacamos a importância da Filosofia para o desenvolvimento de um pensamento crítico, nomeadamente a capacidade de refletir sobre a informação que nos chega através dos media. Promovendo a integração curricular, e tendo como ponto de partida o "Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória", fez-se, num plano de aula, uma articulação entre a Filosofia do 11.º ano e os referenciais “Aprender com a Biblioteca Escolar” e "Educação para os media". Os alunos participam ativamente em todas as fases do trabalho, colaborando, tomando decisões e dividindo tarefas. Os trabalhos desenvolvidos, uma apreciação crítica, a partir de um artigo de opinião, foram publicados no Padlet.  Aula diferente mas resultado fantástico. Parabéns a todos os alunos pelo seu empenho e motivação. Ficou, ainda, mais um desafio: Um concurso fotográfico: O Olhar do Pensador. Serás tu capaz de nos revelar o teu olhar?
Professora Maria do Céu Ferreira



terça-feira, 20 de novembro de 2018

Parlamento dos Jovens 2018/2019


A equipa das bibliotecas escolares dinamiza, mais uma vez, o Parlamento dos Jovens 2018/2019 no Agrupamento de Escolas de Pinhel e conta com o apoio dos professores de ciências naturais e de geografia.
O Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República dirigida aos jovens dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, que culmina com a realização de duas Sessões Nacionais no Parlamento.
O tema para o segundo e terceiro ciclo é “Alterações Climáticas – Salvar os Oceanos”. Igualmente para o Secundário o tema é “Alterações Climáticas - Reverter o Aquecimento Global“ temas muito atuais que, certamente, irão incentivar o debate no decurso das sessões escolares
O Parlamento dos Jovens tem como objetivo incentivar o interesse dos jovens pela participação cívica e política.
Já temos quatro listas concorrentes formadas por alunos do 8.º e do 9.º ano de escolaridade, com um total de 40 alunos participantes e uma lista concorrente do Secundário.
 Até ao dia 30 de novembro decorrerá a campanha eleitoral para eleger os representantes para as sessões escolares. No dia 4 de dezembro decorrerá a eleição dos alunos deputados à sessão escolar que decorrerá no dia 29 de janeiro.
Foi endereçado o convite a um/uma deputado/a da Assembleia da República para falar com os alunos sobre o tema em debate e sobre o funcionamento da Assembleia da República, no dia 21 de janeiro.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Apresentação do livro “Os Homens Nunca Saberão Nada Disto”

No dia 14 de novembro os alunos do 9.º ano e do curso de Artes Visuais e Humanidades do ensino secundário assistiram à apresentação do livro “Os Homens Nunca Saberão Nada Disto”, da escritora PAT R. Às duas sessões de apresentação assistiram cerca de 145 alunos e vários docentes. A autora explicou de uma forma muito clara e dinâmica a organização do livro, sobre a produção das ilustrações e da música que acompanha todo o enredo. A terminar a apresentação, vários alunos colocaram questões à autora seguindo-se a sessão de autógrafos.
A organização das sessões de apresentação do livro esteve a cargo da equipa da biblioteca escolar que tem como missão promover o gosto pela leitura e pela escrita junto dos alunos do nosso agrupamento, entre outras funções.
A equipa da biblioteca escolar agradece à direção, ao grupo de Português e ao grupo de Artes Visuais o apoio à organização deste tipo de iniciativas em prol da leitura e dos livros. Deixamos, também, o nosso agradecimento a todos os docentes que disponibilizaram as suas aulas para levar os alunos ao encontro com a autora.
O livro apresentado (“Os Homens Nunca Saberão Nada Disto”), juntamente com o livro de ilustrações e o CD que o acompanha, está na biblioteca da Escola Secundária/3 de Pinhel para empréstimo domiciliário. 
Leia este ou outros livros porque “ler é uma das mais completas fontes de conhecimento”!










segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Apresentação do livro “Os Homens Nunca Saberão Nada Disto”

No âmbito da promoção da leitura junto dos alunos do 3.º ciclo e do ensino secundário, as bibliotecas escolares trazem à Escola Secundária de Pinhel mais uma escritora. Desta vez é a escritora Patrícia Ribeiro que vai apresentar o seu último livro - Os Homens Nunca Saberão Nada Disto.
As duas apresentações para cerca de 145 alunos acontecerão no espaço da sala 4, da Escola Secundária, no dia 14 de novembro. Por sugestão da autora, estarão presentes todos os alunos dos cursos de Artes Visuais e de Humanidades, bem como as turmas do 9º ano.
Segundo a autora a organização da obra é explicada em detalhe durante a apresentação do livro, dando ênfase à simbologia que une as personagens ao longo do enredo: música, tempo e o Mount Shasta (que é a imagem da capa). Durante a apresentação, a escritora Patrícia Ribeiro esclarece os alunos sobre o processo criativo dos ilustradores, mostrando como os vários materiais utilizados e abordagens criativas conseguem criar interpretações quase opostas da mesma personagem. Existirá também um período de debate, durante o qual os alunos poderão fazer questões.
No final de cada apresentação, haverá uma sessão de autógrafos.
As turmas que irão participar são as seguintes:



Imagem de um dos capítulos do livro

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Programa de rádio - 9 de novembro de 2018


No dia 9 de novembro, sexta-feira, tivemos mais um programa de rádio “A Voz da Escola”, entre as 14:00 e as 15:00 horas.
Para dinamizar este programa estiveram presentes os alunos Alexandre, 9.º C, Ana Mafalda, 11.º A e o Paulo, 11.º C.
Contámos, ainda, com o contributo dos alunos do 7.º C, com os alunos de educação especial, orientados pela professora Olga. A entrevista foi à escritora Lúcia Morgado que nos visitou no dia 31 de outubro.
Tivemos música interpretada pelos alunos do ensino pré-escolar, orientados pelo professor Ângelo e a colaboração das educadoras Irene Santos, Ivone Gil e Isabel Carvalho.

Ciência comestível para crianças

 Para reiniciar a nossa atividade do Clube de Ciências fizemos com os meninos do Jardim de Infância esparguete de gelatina.
Aqui fica um pequeno registo para tentar os mais curiosos a experimentar.
Boa Sorte e BOM APETITE!
ESPARGUETE DE GELATINA


Precisamos:
·         150 ml de concentrado de fruta a gosto;
·         100 ml de água;
·         2g (uma colher de chá cheia) de Ágar-Ágar;
·         Seringa;
·         Mangueira/tubo de plástico
·         Caçarola
·         Tina
·         Proveta
·         Prato

PROCEDIMENTO
1. Mistura numa caçarola 10 ml de água, com 2g (uma colher de chá cheia) de      Ágar-Ágar e 150ml de concentrado de fruta;
2. Colocar a caçarola no fogão e deixar ferver a mistura e desliga o fogão;
3. Deixar arrefecer a mistura durante um curto espaço de tempo;
4. “Aspira concentrado” pela seringa.
5. Liga/encaixa a mangueira à seringa, espreme o conteúdo da seringa na mangueira enchendo o tubo e retira a seringa.
6. Mergulha o tubo numa tigela de gelo durante algum tempo.
7. Enche a seringa com ar e volta a ligar o tubo à seringa.
8. Apoia a ponta da mangueira num prato e empurra o ar para dentro do tubo. Coloca o conteúdo no prato.

EXPLICAÇÃO
O Ágar-Ágar é composto por elementos gelatinosos vindos de algas marinhas.
Quando está frio, não tem sabor, nem odor e é insolúvel. O Ágar-Ágar é facilmente dissolvido em água quente e é o calor no líquido que cria a sua ação gelificante. Quando se permite que a solução arrefeça-as moléculas unem-se formando gel e é muito utilizado na indústria alimentícia.
Educadora Helena Granado


quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Festa do Caloiro - Jardim de Infância de Pinhel

No dia 25 de outubro, no Jardim de Infância, Branca de Neve em Pinhel, realizou-se a já tradicional, “Festa do Caloiro". Previamente houve um encontro entre as crianças de 5 anos (Turma A) para escolherem os seus "afilhados" na sala dos 3 anos (Turma B). Depois deste procedimento trocaram-se afectos e realizou-se uma dança. Os caloiros deram uma ficha aos padrinhos para em articulação ser trabalhada. Sublinhou-se que durante este ano letivo, os padrinhos vão auxiliá-los, protegê-los e incentivá-los no que estiver ao seu alcance.
  Este dia festivo foi circundado de ternura e de troca de pequenas recordações e de algumas guloseimas, que foram preparadas antecipadamente. A poesia e a música, acompanhada à guitarra com o professor Ângelo, também estiveram presentes. As crianças, a educadora e assistente operacional da turma C, também foram convidadas. Pairava no ar muita alegria e animação. Este convívio entre a comunidade escolar, deste jardim-de-infância, para além de ajudar a ambientar os caloiros, é orientado por valores como a integração, a amizade e a solidariedade.  
Fica o registo fotográfico de alguns momentos deste evento.
As educadoras de Infância, Irene Santos e Ivone Gil (de apoio: Noémia Marques e Antónia Valente)

 



domingo, 4 de novembro de 2018

José Saramago: 20 anos do Prémio Nobel

Mais imagens dos "graffiti" feitos pelos alunos de Artes e de Educação Visual a propósito dos 20 anos do Prémio Nobel da Literatura atribuído a José Saramago e da comemoração dos 15 anos da passagem de José Saramago pela Escola Secundária de Pinhel (outubro de 2013):





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...