quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Festa de Natal no 2.º ciclo




Palestra e oficina química - "cientificamente provável"





No dia 13 de dezembro realizou-se uma palestra com o título “Jogar jenga com a teia da vida”, proferida pelo Professor Ruben Heleno. No mesmo dia o Professor Rafael Torres dinamizou uma oficina denominada “Aerogel de sílica: Isolamento térmico na Terra e no Espaço”. Participaram nas atividades cerca de 120 alunos e muitos docentes do 3.º ciclo e secundário.
Estas atividades foram organizadas pela Biblioteca Escolar e pelos grupos de Ciências Naturais e Físico-química no âmbito do programa “Cientificamente Provável”. Este programa de cooperação entre as instituições do Ensino Superior e as escolas secundárias e do ensino básico tem como objectivo a promoção do conhecimento e “estabelecer formas de ligação mais estreitas entre o sistema de Ensino Superior e de Ciência e Tecnologia, em particular através das Bibliotecas das Instituições de Ensino Superior e as Bibliotecas das Escolas do Ensino Básico e Secundário.”

É um programa promovido pela Secretaria de Estado da Educação e pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, em articulação com a Agência Nacional Ciência Viva.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Árvores de Natal do Município - 12.º D

UMA ÁRVORE DE NATAL PARTILHADA
Deixámo-nos contagiar pelo espírito natalício! Fica o registo da nossa árvore de Natal partilhada entre o Curso de Multimédia e Curso de Restauração!
 BOAS FESTAS!





Natal. E, só pelo facto de o ser, o mundo parece outro. Auroreal e mágico. O homem necessita cada vez mais destas datas sagradas. Para reencontrar a santidade da vida, deixar vir à tona impulsos religiosos profundos, comer e beber ritualmente, dar e receber presentes, sentir que tem família e amigos, e se ver transfigurado nas ruas por onde habitualmente caminha rasteiro. São dias em que estamos em graça, contentes de corpo e lavados de alma, ricos de todos os dons que podem advir de uma comunhão íntima e simultânea com as forças benéficas da terra e do céu. Dons capazes de fazer nascer num estábulo, miraculosamente, sem pai carnal, um Deus de amor e perdão, contra os mais pertinentes argumentos da razão.
Miguel Torga, in “Diário” (1985)
Formadora Paula Pires
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...