quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Reuniões de Avaliação 1º Período




Data de entrega das Propostas de Avaliação
  • Para Reuniões de 17 de Dezembro - entrega até 13 de Dezembro;
  • Para Reuniões de 18 de Dezembro - entrega até 14 de Dezembro;


segunda-feira, 26 de novembro de 2007


Na Biblioteca da Escola há uma pequena exposição sobre os vestígios da presença romana no concelho de Pinhel (e na região). A exposição estará patente até ao final do 1º período.
A exposição foi organizada por ocasião da palestra proferida pela Dr.ª Pilar Reis sobre a estação arqueológica do Prado Galego (Valbom) destinada aos alunos do 10º ano e 11º ano de História e História da Arte.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Ensino Recorrente por Unidades Capitalizáveis - Regime Não Presencial.

AVISO
Informam-se todos os alunos do Ensino Secundário Recorrente por Unidades Capitalizáveis do Regime Não Presencial que devem fazer a requisição de exames para a 1ª Época - Janeiro, entre os dias 3 de Dezembro (2ª feira) e 7 de Dezembro (6ª feira), nos Serviços Administrativos da Escola ou no Conselho Executivo.
Mais se informa que as Matrizes dos respectivos exames serão afixadas a 4 de Janeiro de 2008 no Bloco 2 desta escola.
O Conselho Executivo

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Fórum Entre Palavras



O Jornal de Notícias promove, uma vez mais, o concurso “Entre Palavras”. Este fórum em formato pedagógico “destina-se a todas as escolas do 3º ciclo, com o objectivo de incentivar a leitura e estimular o debate de ideias junto da população escolar.”
Os professores interessados em participar neste fórum com os seus alunos podem contactar a equipa da biblioteca para procedermos à inscrição no fórum/concurso.
A biblioteca disponibilizará todo o apoio necessário à realização da actividade. Dispomos, na biblioteca, de um “guia do professor” que explica as regras de funcionamento do fórum.
Para mais informações poderão consultar o sítio:
http://entrepalavras.pt/
A informação está, igualmente, disponível na plataforma MOODLE, na secção dedicada à Biblioteca em:
http://moodle.esb3-pinhel.edu.pt/

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Criar PDF Grátis - Opensource PDFCreator

Para todos os que pretendem criar documentos em PDF (Portable Document Format), de forma facil, apresento aqui o PDFCreator .
Com ele, pode transformar os seus ficheiros Word e PowerPoint em documentos PDF, de forma fácil e gratuita.
Utilize-o para colocar ficheiros na plataforma Moodle da Escola.

Dia de S. Martinho: Domingo, 11 de Novembro

"No dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho."
Queres saber mais, vai ao sítio

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Dia Mundial da Ciência ao Serviço da Paz e do Desenvolvimento

"Este ano, a Comissão Nacional da UNESCO irá dar especial ênfase ao Dia Mundial da Ciência ao serviço da Paz e do Desenvolvimento com o lançamento oficial em Portugal do Ano Internacional do Planeta Terra - AIPT (triénio 2007-2009)"

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Dia da Biblioteca Escolar

DIA DA BIBLIOTECA ESCOLAR

APRENDER MAIS E MELHOR NA BIBLIOTECA ESCOLAR
22 de Outubro de 2007
Visita a biblioteca da nossa escola onde poderás consultar livros, ler jornais e revistas, assistir a filmes ou documentários, trabalhar nos computadores com acesso à internet e, também, estudar…
Visita a nossa plataforma moodle (“Biblioteca”) em:
http://moodle.esec-pinhel.rcts.pt/
Para saberes mais sobre a comemoração deste dia vai ao sítio: http://www.rbe.min-edu.pt/

terça-feira, 16 de outubro de 2007

eIniciativas - Portateis Alunos do 10º Ano

Já estão disponíveis (no Conselho Executivo) os códigos dos portáteis para os alunos do 10º ano, referentes à iniciativa @escola.
Procedimentos para os alunos:
- A Escola entrga um voucher com um código de validação a cada aluno do 10º ano que manifestar, através da entrega de um termo de responsabilidade (a disponibilizar pelo Conselho Executivo), interesse em aderir à iniciativa.

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Proposta de revisão do Regulamento da Biblioteca

Na plataforma moodle da nossa escola está disponível, na disciplina “Biblioteca”, uma proposta de alteração do Regulamento/Regimento da Biblioteca para apreciação pelo Conselho Pedagógico.
Estão, também, à disposição de toda a comunidade educativa duas propostas para apreciação:
- um guia do utilizador da biblioteca
- um manual de procedimentos

Dia da Hispanidade: 12 de Outubro

Visita a mini-exposição na biblioteca
Para saberes mais vai ao sítio: http://pt.wikipedia.org/wiki/Espanha
Visita, também, a plataforma moodle da escola.

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Plataforma E-Learning da Escola

Já está em funcionamento a plataforma de e-learning da Escola Secundária/3 de Pinhel.

Visite-a na ligação

Iniciativa e-professor

Estão disponiveis no Conselho Executivo os códigos para a iniciativa e-professor, para os professores do QE e QZPs.
Todos os professores interessados devem solicitar o respectivo código no Conselho Executivo.

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Regresso às Aulas

Abertura do ano lectivo 2007/2008 na Escola Secundária/3 de Pinhel é a 17 de Setembro de 2007.

Bem Vindos

sexta-feira, 22 de junho de 2007

Normas para indicação bibliográfica

Para além do guia de indicação bibliogáfica disponível na biblioteca escolar, indicamos o seguinte endereço onde podes consultar o mesmo guia em formato PDF.
http://www.biblioapoio.net/pinhel/np405.pdf

terça-feira, 19 de junho de 2007

Tabacaria

Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
Janelas do meu quarto,
Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é
(E se soubessem quem é, o que saberiam?),
Dais para o mistério de uma rua cruzada constantemente por gente,
Para uma rua inacessível a todos os pensamentos,
Real, impossivelmente real, certa, desconhecidamente certa,
Com o mistério das coisas por baixo das pedras e dos seres,
Com a morte a por umidade nas paredes e cabelos brancos nos homens,
Com o Destino a conduzir a carroça de tudo pela estrada de nada.
Estou hoje vencido, como se soubesse a verdade.
Estou hoje lúcido, como se estivesse para morrer,
E não tivesse mais irmandade com as coisas
Senão uma despedida, tornando-se esta casa e este lado da rua
A fileira de carruagens de um comboio, e uma partida apitada
De dentro da minha cabeça,
E uma sacudidela dos meus nervos e um ranger de ossos na ida.
Estou hoje perplexo, como quem pensou e achou e esqueceu.
Estou hoje dividido entre a lealdade que devo
À Tabacaria do outro lado da rua, como coisa real por fora,
E à sensação de que tudo é sonho, como coisa real por dentro.
Falhei em tudo.
Como não fiz propósito nenhum, talvez tudo fosse nada.
A aprendizagem que me deram,
Desci dela pela janela das traseiras da casa.
Fui até ao campo com grandes propósitos.
Mas lá encontrei só ervas e árvores,
E quando havia gente era igual à outra.
Saio da janela, sento-me numa cadeira.
Em que hei de pensar?
Que sei eu do que serei, eu que não sei o que sou?
Ser o que penso?
Mas penso tanta coisa!
E há tantos que pensam ser a mesma coisa que não pode haver tantos!
Gênio? Neste momento
Cem mil cérebros se concebem em sonho gênios como eu,
E a história não marcará, quem sabe?, nem um,
Nem haverá senão estrume de tantas conquistas futuras.
Não, não creio em mim.
Em todos os manicômios há doidos malucos com tantas certezas!
Eu, que não tenho nenhuma certeza, sou mais certo ou menos certo?
Não, nem em mim...
Em quantas mansardas e não-mansardas do mundo
Não estão nesta hora gênios-para-si-mesmos sonhando?
Quantas aspirações altas e nobres e lúcidas -Sim, verdadeiramente altas e nobres e lúcidas -,
E quem sabe se realizáveis,
Nunca verão a luz do sol real nem acharão ouvidos de gente?
O mundo é para quem nasce para o conquistar
E não para quem sonha que pode conquistá-lo, ainda que tenha razão.
Tenho sonhado mais que o que Napoleão fez.
Tenho apertado ao peito hipotético mais humanidades do que Cristo,
Tenho feito filosofias em segredo que nenhum Kant escreveu.
Mas sou, e talvez serei sempre, o da mansarda,
Ainda que não more nela;
Serei sempre o que não nasceu para isso;
Serei sempre só o que tinha qualidades;
Serei sempre o que esperou que lhe abrissem a porta ao pé de uma parede sem porta,
E cantou a cantiga do Infinito numa capoeira,
E ouviu a voz de Deus num poço tapado.
Crer em mim? Não, nem em nada.
Derrame-me a Natureza sobre a cabeça ardente
O seu sol, a sua chava, o vento que me acha o cabelo,
E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.
Escravos cardíacos das estrelas,
Conquistamos todo o mundo antes de nos levantar da cama;
Mas acordamos e ele é opaco,
Levantamo-nos e ele é alheio,
Saímos de casa e ele é a terra inteira,
Mais o sistema solar e a Via Láctea e o Indefinido.
(Come chocolates, pequena;Come chocolates!Olha que não há mais metafísica no mundo senão chocolates.Olha que as religiões todas não ensinam mais que a confeitaria.Come, pequena suja, come!Pudesse eu comer chocolates com a mesma verdade com que comes!Mas eu penso e, ao tirar o papel de prata, que é de folha de estanho,Deito tudo para o chão, como tenho deitado a vida.)
Mas ao menos fica da amargura do que nunca serei
A caligrafia rápida destes versos,
Pórtico partido para o Impossível.
Mas ao menos consagro a mim mesmo um desprezo sem lágrimas,
Nobre ao menos no gesto largo com que atiro
A roupa suja que sou, em rol, pra o decurso das coisas,
E fico em casa sem camisa.
(Tu que consolas, que não existes e por isso consolas,Ou deusa grega, concebida como estátua que fosse viva,Ou patrícia romana, impossivelmente nobre e nefasta,Ou princesa de trovadores, gentilíssima e colorida,Ou marquesa do século dezoito, decotada e longínqua,Ou cocote célebre do tempo dos nossos pais,Ou não sei quê moderno - não concebo bem o quê -Tudo isso, seja o que for, que sejas, se pode inspirar que inspire!Meu coração é um balde despejado.Como os que invocam espíritos invocam espíritos invocoA mim mesmo e não encontro nada.Chego à janela e vejo a rua com uma nitidez absoluta.Vejo as lojas, vejo os passeios, vejo os carros que passam,Vejo os entes vivos vestidos que se cruzam,Vejo os cães que também existem,E tudo isto me pesa como uma condenação ao degredo,E tudo isto é estrangeiro, como tudo.)
Vivi, estudei, amei e até cri,E hoje não há mendigo que eu não inveje só por não ser eu.Olho a cada um os andrajos e as chagas e a mentira,E penso: talvez nunca vivesses nem estudasses nem amasses nem cresses(Porque é possível fazer a realidade de tudo isso sem fazer nada disso);
Talvez tenhas existido apenas, como um lagarto a quem cortam o rabo
E que é rabo para aquém do lagarto remexidamente
Fiz de mim o que não soube
E o que podia fazer de mim não o fiz.
O dominó que vesti era errado.
Conheceram-me logo por quem não era e não desmenti, e perdi-me.
Quando quis tirar a máscara,
Estava pegada à cara.
Quando a tirei e me vi ao espelho,
Já tinha envelhecido.
Estava bêbado, já não sabia vestir o dominó que não tinha tirado.
Deitei fora a máscara e dormi no vestiário
Como um cão tolerado pela gerência
Por ser inofensivo
E vou escrever esta história para provar que sou sublime.
Essência musical dos meus versos inúteis,
Quem me dera encontrar-me como coisa que eu fizesse,
E não ficasse sempre defronte da Tabacaria de defronte,
Calcando aos pés a consciência de estar existindo,
Como um tapete em que um bêbado tropeça
Ou um capacho que os ciganos roubaram e não valia nada.
Mas o Dono da Tabacaria chegou à porta e ficou à porta.
Olho-o com o deconforto da cabeça mal voltada
E com o desconforto da alma mal-entendendo.
Ele morrerá e eu morrerei.
Ele deixará a tabuleta, eu deixarei os versos.
A certa altura morrerá a tabuleta também, os versos também.
Depois de certa altura morrerá a rua onde esteve a tabuleta,
E a língua em que foram escritos os versos.
Morrerá depois o planeta girante em que tudo isto se deu.
Em outros satélites de outros sistemas qualquer coisa como gente
Continuará fazendo coisas como versos e vivendo por baixo de coisas como tabuletas,
Sempre uma coisa defronte da outra,
Sempre uma coisa tão inútil como a outra,
Sempre o impossível tão estúpido como o real,
Sempre o mistério do fundo tão certo como o sono de mistério da superfície,
Sempre isto ou sempre outra coisa ou nem uma coisa nem outra.
Mas um homem entrou na Tabacaria (para comprar tabaco?)
E a realidade plausível cai de repente em cima de mim.
Semiergo-me enérgico, convencido, humano,
E vou tencionar escrever estes versos em que digo o contrário.
Acendo um cigarro ao pensar em escrevê-los
E saboreio no cigarro a libertação de todos os pensamentos.
Sigo o fumo como uma rota própria,
E gozo, num momento sensitivo e competente,
A libertação de todas as especulações
E a consciência de que a metafísica é uma consequência de estar mal disposto.
Depois deito-me para trás na cadeira
E continuo fumando.
Enquanto o Destino mo conceder, continuarei fumando.
(Se eu casasse com a filha da minha lavadeiraTalvez fosse feliz.)
Visto isto, levanto-me da cadeira. Vou à janela.
O homem saiu da Tabacaria (metendo troco na algibeira das calças?).
Ah, conheço-o; é o Esteves sem metafísica.(O Dono da Tabacaria chegou à porta.)
Como por um instinto divino o Esteves voltou-se e viu-me.
Acenou-me adeus, gritei-lhe Adeus ó Esteves!, e o universo
Reconstruiu-se-me sem ideal nem esperança, e o Dono da Tabacaria sorriu.
Álvaro de Campos, 15-1-1928

Referências bibliográficas

Já sabes que em qualquer trabalho que realizes tens de indicar as fontes consultadas: livros, revistas e, até, páginas da Internet.
Sabes, também, que há regras a seguir na indicação bibliográfica.
Pois bem… está disponível na biblioteca escolar um guia com as regras de referência bibliográfica e com as regras das citações. Há, ainda, uma apresentação em powerpoint na biblioteca que pode ser utilizada nas aulas por alunos e professores.
Neste blog disponibilizamos alguns exemplos de referências bibliográficas.
Bom trabalho!
3. Elementos das referências bibliográficas: ordem de apresentação.
3.1 Monografias – exemplo:
AUTOR: em primeiro lugar, o apelido e depois o nome próprio
Título: Como aparece no livro.
Edição
Local de publicação:
Editor,
Data de publicação .

MARTA, Ilídio da Silva -
Pinhel Falcão.
2ª ed.
Pinhel:
Ed. do autor,
1996.

Ex.: MARTA, Ilídio da Silva – Pinhel Falcão. 2.ª ed. Pinhel: ed. do autor, 1996.

segunda-feira, 18 de junho de 2007

quarta-feira, 6 de junho de 2007

ALUNOS DE INGLÊS EM LISBOA


O dia 1 de Junho de 2007 foi um dia repleto de emoções para 244 alunos da Escola Secundária/3 de Pinhel, que tiveram oportunidade de assistir à peça "Contos de Shakespeare" no Teatro D. Maria II em Lisboa.

A tarde foi passada no Parque das Nações com uma visita ao Oceanário.

Esta visita de estudo, marcada por uma presença "em peso" de alunos na capital, foi um sucesso e muito enriquecedora para todos os que participaram!!!


terça-feira, 5 de junho de 2007

SophiArte

Saiu.... sim finalmente saiu... com dificuldade, mas acho que valeu a pena.
O trabalho de toda a gente envolvida, tinha que dar frutos... e que frutos.
Pela minha parte fiquei... contente.
Se puderem arranjem, comprem, leiam ou simplesmente apreciem.

Reuniões de Avaliação 3º Período - 9º, 11º e 12º Anos


sexta-feira, 25 de maio de 2007

Parlamento dos Jovens - Sessão Nacional



Nos dias 14 e 15 de Maio de 2007 dois alunos desta escola, Cristiano Saraiva dos Santos e Maria de Jesus Fonseca de Sousa, e dois alunos da Escola de Figueira de Castelo Rodrigo, representaram o Distrito da Guarda na Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens que decorreu na Assembleia da República. Foram acompanhados por dois professores (Manuel Perestrelo e Nelson Almeida) e ficaram alojados na Pousada da Juventude de Oeiras.
O transporte foi oferecido pela Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, a quem a escola agradece.

Manuel Perestrelo

Salvar o planeta, salvar a civilização


O grupo de Geografia da nossa escola, em colaboração com a Câmara Municipal de Pinhel, trouxe a Pinhel o conhecido meteorologista Dr. Manuel Costa Alves para falar sobre questões ambientais. O cine teatro de Pinhel encheu-se de alunos (e professores) que ouviram, entre outras coisas, que está nas nossas mãos salvarmos planeta da provável destruição. A preservação do modo de vida que hoje conhecemos implica a redução da poluição, causadora de distúrbios climáticos graves.
Como todos sabem, esta questão está na ordem do dia. Há poucos dias deu entrada na biblioteca da Escola Secundária/3 de Pinhel um excelente livro sobre o estado do planeta. O Washington Post considerou o autor desse livro, Lester Brown, "one of the world's most influential thinkers." O livro tem como título “Plano B 2.0: Resgatando um planeta sob stress e uma civilização em apuros” e foi editado em Portugal pela Câmara Municipal de Trancoso.
Logo na página de apresentação do livro Bill Clinton escreve o seguinte: “Lester Brown conta-nos como construir um mundo mais justo e salvar o planeta de mudanças climáticas numa forma prática e directa.” E acrescente: “deveríamos todos seguir os seus conselhos”.
Como poderemos mudar o estado das coisas? O que podemos fazer para “salvar a civilização” nas palavras de Lester Brown?
O autor dá várias respostas pertinentes. Destaco, apenas, uma delas: “depende de si e de mim, do que você e eu fizermos para inverter estas tendências (declínio económico e colapso da civilização). Isso quer dizer, tornar-se activo politicamente. Salvar a nossa civilização não é um desporto de espectadores.” (Brown, 2006, p. 358).
Para os interessados: pode-se fazer download da versão portuguesa deste livro em:



Indicação bibliográfica:
Brown, Lester R., Plano B 2.0: Resgatando um planeta sob stress e uma civilização em apuros, Câmara Municipal de Trancoso (edição em língua portuguesa). Earth Policy Institute (edição original em inglês) 2006

segunda-feira, 23 de abril de 2007

Apresentações sobre o ECD e Acesso a Professor Titular

ME disponibiliza apresentações sobre o ECD e o acesso a professor titular
O Ministério da Educação disponibiliza no seu portal(ligação na frase anterior) as apresentações utilizadas nas reuniões com os conselhos executivos, no mês Abril, relacionadas com o Estatuto da Carreira Docente e o concurso de acesso a professor titular.

segunda-feira, 16 de abril de 2007

Retrospectiva - Escola em Movimento

Terminou a V Feira das Ciências e a II Feira de Orientação Escolar e Profissional. Queremos desde já agradecer a todos os que tornaram possivel este evento levado a cabo pela Escola Secundária/3 de Pinhel em parceria com o Municipio e a Empresa Municipal de Pinhel. Para nós, superou as expectativas.
Apresentamos aqui uma pequena retrospectiva do que se passou...


Pelo apoio prestado, os nossos agradecimentos à Junta de Freguesia de Pinhel, ao Grupo BIU, à Rodocôa e à P&B.

sexta-feira, 30 de março de 2007

"A Escola em Movimento"

A Escola Secundária/3 de Pinhel, em parceria com o Municipio de Pinhel, a Empresa Municipal de Pinhel e o Projecto Ciência Viva, vão realizar a 12 e 13 de Abril, no Centro de Congressos e Exposições de Pinhel a Feira de Orientação Escolar e Profissional e a V Feira das Ciências.

Horário:

12 de Abril (Cerimónia de Abertura: 11:00h - 12:30h//14:30h - 17:30h)

13 de Abril (9:30h - 12:30h // 14:30h - 16:00h)

Entrada gratuita. Contamos com a vossa presença.

quarta-feira, 28 de março de 2007

Cursos CEF e Profissionais para 2007/2008

Encontram-se abertas as incrições para novos cursos - CEF e PROFISSIONAIS para o Ano Lectivo 2007/2008.
CEF - Operador de Sistemas Informáticos

CEFs - Electricista de Instalações e Empregado de Mesa

Profissionais - Técnico de Informática de Gestão e Técnico de Secretariado





Concurso 2007

Veja aqui o Manual Interactivo de Candidatura à Contratação - Concurso Anual

terça-feira, 20 de março de 2007

"História de Amor..."

Actividade: "História de Amor..." (Coro da Escola, Dança e Teatro)
Organização: Escola Secundária/3 CEB de Pinhel
Local: Pavilhão Polivalente - Escola
Dia: 21 de Março de 2007 (4ª Feira)
Hora: 21h

Intervenientes: Alunos e Professores
Destinatários:
  • Comunidade Escolar (Alunos, Professores, Auxiliares da Acção Educativa, Encarregados de Educação)
  • Cidade de Pinhel
  • Outros Interessados

Contamos com a vossa presença.

segunda-feira, 12 de março de 2007

Calendário dos Exames do Ensino Recorrente

Regime Não Presencial - 2ª Época - Abril



Semana da Leitura II


Para o sucesso da Semana da Leitura na nossa escola foi muito importante o contributo dos professores, nomeadamente do Departamento de Língua Portuguesa, dos alunos do terceiro ciclo que, com as suas representações teatrais, animaram as sessões na biblioteca e dos pais que se deslocaram à escola para lerem contos.

sexta-feira, 9 de março de 2007

SEMANA DA LEITURA

Algumas fotografias das actividades da Semana da Leitura na biblioteca da nossa escola: leiitura de poesia e de contos, representações teatrais, audição de poesia, exposição de poemas:







quinta-feira, 8 de março de 2007

Regulamento do Juri Nacional de Exames dos Exames do Ensino Básico e do Ensino Secundário

http://dre.pt/pdf2sdip/2007/03/048000000/0622706249.pdf
Para visualizar o Documento necessita de ter instalado o Acrobat Reader

O Espanhol na Escola

El muro del español
¡Hola, amiguetes! Hoy te voy a contar como van las clases de español. Hacemos muchas cosas divertidas, como por ejemplo escuchamos músicas, vemos películas, leemos textos, hacemos crucigramas y sopas de letras, y además aprendemos a hablar español.
En este momento todos los alumnos de 7º curso ya saben hablar de si mismos y de los demás. ¿Qué no te lo crees? Pues, lee el siguiente texto:
Hola, me llamo Leonardo Brás. Tengo doce años, soy alto y delgado. Tengo el pelo castaño y los ojos castaños. A veces me enfado. Mis amigos me dicen soy simpático y tiste, a veces. Vivo en Pinhel. Mi colegio se llama Escola Secundaria com 3º ciclo de Pinhel. Las asignaturas que más me gustan son las Matemáticas e Historia. Me gusta el deporte.
Me gusta estar con mis amigos y escuchar música rock. Mi actor favorito es James Bond.
Mi mejor amigo es Jõao. A João le gusta el fútbol, tal como a mí, el baloncesto y también le gusta andar en bici.
¡Así soy yo Leonardo!

Leonardo Brás
Número 10, 7º B
12 anos

quarta-feira, 7 de março de 2007

S. VALENTIM


O Cupido visitou a Escola Secundária no dia que lhe é dedicado. Foi com grande entusiasmo que todos os alunos aderiram à actividade dinamizada pelo Departamento de Línguas Estrangeiras.
Os alunos registaram os seus “versos de AMOR” num postal gigante no palco do polivalente da Escola, elaborado com a ajuda de alunos de Artes.
Os mais gulosos tiveram oportunidade de se deliciar com crepes recheados, elaborados por alunos de Francês.
Foi, com toda a certeza, um dia em cheio para todos os apaixonados!!!




Baile de Finalistas

No próximo dia 10 de Março, pelas 21.30H, vai realizar-se o Baile de Finalistas na Escola Secundária c/ 3º CEB de Pinhel, animado pela banda JACKPOT.
Apareçam e venham divertir-se connosco!
A Comissão de Finalistas

terça-feira, 6 de março de 2007

A Sociedade Portuguesa de Química, de uns anos a esta parte, tem organizado as Olimpíadas de Química com o objectivo de dinamizar o estudo e o ensino da Química; proporcionar a aproximação entre Escolas Básicas e Secundárias e as Universidades e Institutos Superiores; despertar o interesse pela Química, divulgar a Química como ciência e cativar vocações para carreiras científico-tecnológicas entre os estudantes.
Este ano não foi excepção e para as Semifinais das Olimpíadas de Química +, destinadas a alunos dos 10º e 11º anos, realizadas em 3 Universidades, no dia 3 de Março, estavam inscritas 94 equipas.
Em cada Semifinal, foram apuradas as 3 melhores equipas para a final, de onde sairão os representantes de Portugal nas Olimpíadas Internacionais de Química e nas Olimpíadas Ibero-americanas de Química.
A equipa da nossa Escola, constituída pelos alunos Élio Pereira, Nuno Melo e Tiago Patrício do 11ºA; integrada num grupo de 31 escolas, realizou a Semifinal na Universidade de Aveiro, no passado sábado e conseguiu um honroso 4ºlugar.
Cada participante recebeu um diploma de participação, uma medalha comemorativa e uma assinatura anual do Boletim da SPQ “Química”.
A nossa equipa não conseguiu o apuramento para mais nenhuma fase das Olimpíadas mas, segundo opinião dos envolvidos, valeu a pena participar já que conseguiram alcançar o seu objectivo, classificar-se em 4º lugar, por isso estão de parabéns!

segunda-feira, 5 de março de 2007






“O livro, como incomparável instrumento de leitura (…) pede imaginação, dinamismo, de que as mais das vezes somos carecidos.”
Fernando Namora
“Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive.”
Padre António Vieira



sexta-feira, 2 de março de 2007

Parlamento dos Jovens





Foram eleitos dois alunos da nossa escola para representar o distrito da Guarda na sessão nacional do Parlamento dos Jovens do 3º Ciclo que decorrerá em Maio na Assembleia da República. Os alunos são Cristiano Saraiva dos Santos, do 8.ºD e Maria de Jesus Fonseca de Sousa, do 8.ºA.
Os nossos alunos farão equipa com outros dois alunos da escola de Figueira de Castelo Rodrigo.
ESTÃO TODOS DE PARABÉNS!

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Como são quase inexplicáveis os segredos do nosso cérebro!...

É incrível mas é verdade. Vejam como conseguem ler isto, com facilidade:

Sguedno um etsduo da Uinvesriadde de Cmabgirde, a oderm das lertas nas pavralas não tem ipmortnacia qsuae nnhuema. O que ipmrtoa é que a prmiiera e a utlima lreta etsajem no lcoal cetro. De rseto, pdoe ler tduo sem gardnes dfiilcuddaes... Itso é prouqe o crebéro lê as pavralas cmoo um tdoo e nao lreta por lerta.

È msemo veadrde!

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

CANDIDATURA “ON-LINE” AO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

“A candidatura ao Concurso Nacional de Acesso de 2007 é apresentada através do sistema on-line. Em alternativa pode continuar a ser apresentada nos serviços do acesso correspondentes à área de residência do estudante.
Os estudantes que pretenderem utilizar o sistema de candidatura on-line devem apresentar na escola secundária onde se inscrevem para os exames nacionais, um pedido de atribuição de senha, juntamente com o respectivo boletim de inscrição nos exames.
O modelo para o pedido de atribuição de senha está disponível na página da Internet www.acessoensinosuperior.pt, de modo a que o estudante o possa imprimir e entregar na escola secundária respectiva, após devidamente preenchido.
Caso o estudante seja menor, o pedido deve ser assinado pelo encarregado de educação ou por quem demonstre exercer o poder paternal ou tutelar.
As escolas secundárias recolhem os pedidos de senha juntamente com o boletim de inscrição nos exames nacionais e transcrevem para o Programa ENES os contactos correspondentes a cada estudante, para posterior envio através das remessas de dados.
As senhas de acesso serão enviadas no início do mês de Maio para os contactos fornecidos pelos estudantes no modelo de pedido de senha. A partir dessa data será também possível solicitar senhas de acesso à candidatura on-line nos Serviços de Acesso ao Ensino Superior existentes nas capitais de distrito.”

Exames Nacionais 2007 - Informações


domingo, 25 de fevereiro de 2007

Feira das Tradições 2007

Mais um ano, mais um desfile e mais uma bela participação dos alunos (8º ano, Artes e Finalistas) e de alguns professores da nossa Escola. Ora vejam:

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Calendário Reuniões Intercalares

2º Período - 3º Ciclo
-->
Horários das Reuniões
DataHoraGrupoTurmaSalaPresidenteSecretário(s)
Seg. 26-02-200717:3010 7º C S21 Dora Caetano F. Henriques
10 8º D S22 Nuno Gonçalves M. Abadesso
Seg. 26-02-200718:305 8º B S21 A. Baltazar Justina Sousa
Ter. 27-02-200717:308 9º C S21 Ana Saraiva Helena Pereira
Ter. 27-02-200718:301 7º A S21 Pedro Alves Paulo Moreira
Qua. 28-02-200717:309 9º D S21 Carla Santos Cláudia Sousa
Qua. 28-02-200718:307 9º B S21 Cândida Carlos Rosa Diogo
Qui. 01-03-200717:302 7º B S21 Carlos Espinha Esmeralda Diogo
Qui. 01-03-200718:303 7º D S21 Isabel Moreira Rogério Santos
Sex. 02-03-200717:3011 9º A S21 Julio Saraiva Sérgio Bernardo
Sex. 02-03-200718:306 8º C S21 Isabel Pereira Mafalda Couto
Seg. 05-03-200717:304 8º A S21 Dulce Rodrigues Rui Nogueira

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Carnaval

O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar que tem suas origens na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-feira de cinzas, às vésperas da Quaresma. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne nada vale" dando origem ao termo "Carnaval". Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. As cidades de Paris e Veneza serão os grandes modelos exportadores da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no Carnaval francês para implantar suas novas festas carnavalescas.
Atualmente o Carnaval do
Rio de Janeiro, Brasil é considerado um dos mais importantes desfiles do mundo. Em Portugal, existe uma grande tradição carnavalesca, nomeadamente os Carnavais de Podence, Ovar, Loulé, Sesimbra, Rio Maior, Torres Vedras e Sines, destacando-se o de Torres Vedras, Carnaval de Torres, por possuir o Carnaval mais antigo e dito o mais português de Portugal, que se mantém popular e fiel à tradição rejeitando o samba e outros estrangeirismos... Juntamente com o Carnaval de Canas de Senhorim com perto de 400 anos e tradições únicas como os Pizões, as Paneladas, Queima do Entrudo, Despique e muitas outras...História e Etimologia
Para alguns pesquisadores o Carnaval tem raízes históricas que remontam aos bacanais e a festejos similares em Roma; alguns historiadores mais ousados chegam mesmo a relacionar o Carnaval a celebrações em homenagem à deusa Ísis ou ao deus Osíris, no Egito antigo. Uma outra corrente acredita que a festa iniciou-se com a adoção do calendário cristão.
Em Roma havia uma festa, a
Saturnália, em que um carro no formato de navio abria caminho em meio à multidão, que usava máscaras e promovia as mais diversas brincadeiras. Essa festa foi incorporada pela Igreja Católica, e segundo alguns a origem da palavra Carnaval é carrum navalis (carro naval). Essa etimologia, entretanto, já foi contestada. Actualmente a mais aceita é a que liga a palavra "Carnaval" à expressão carne levare, ou seja, afastar a carne, uma espécie de último momento de alegria e festejos profanos antes do período triste da quaresma.
Em 1091 a data da
Quaresma foi definitivamente estabelecida pela Igreja Católica; como consequência indireta disso, o período de Carnaval se estabeleceu na sociedade ocidental, sofrendo, entretanto, certa oposição da Igreja, na Europa. Embora alguns papas tenham permitido o festejo, outros o combateram vivamente, como Inocêncio II.
À seqüência do
Renascimento o Carnaval adotou o baile de máscaras, e também as fantasias e carros alegóricos. Ao caráter de festa popular e desorganizada juntaram-se outros tipos de comemoração e progressivamente a festa foi tomando o formato atual, que se preserva especialmente em regiões da França (ver Mardi Gras), Itália e Espanha.
( Origem: Wikipédia)

OpenSource - Parte II

Apresento-vos mais 4 programas opensource (gratuitos), de grande qualidade:
  1. The Gimp (www.gimp.org). Substitui o Photoshop com muita eficiência, especialmente no preço.
  2. CLAMWIN (www.clamwin.com). Antivirus leve e eficaz.
  3. PDF Creator (www.pdfforge.org). Imprime em pdf com alguns recursos.
  4. Scribus (www.scribus.net). Desktop Publishing. Excelente para compor cartazes, folhetos e, com muitas surpresas.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Exames Nacionais - Calendário Geral

Já está definido o calendário para os exames nacionais do 9º ano e secundário.
Consultas para inscrições e realização dos exames dos ensinos básico e secundário na ligação seguinte:
http://www.min-edu.pt/hit/?newsId=412&fileName=despacho_calendario_exames.pdf

(Para visualizar o documento, necessita do Acrobat Reader. Se não tiver faça o download aqui) Acrobat Reader

Exames Nacionais 9º Ano

Já está definido o calendário para os exames nacionais do 9º Ano:

Calendário

EXAMES NACIONAIS DO ENSINO BÁSICO- 2007 - Fase única

1a Chamada
  • Terça - 19 de Junho - Língua Portuguesa (22)
  • Quinta - 21 de Junho - Matemática (23)
2a Chamada
  • Segunda - 25 de Junho - Língua Portuguesa (22)
  • Terça - 26 de Junho - Matemática (23)

Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados, tratado em muitos países como Dia de São Valemtim, é uma data comemorativa na qual se celebra a união amorosa entre casais, quando é comum a troca de cartões com mensagens românticas e presentes com simbolismo de mesmo intuito, tais como as tradicionais caixas de bombons em formato de coração. No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho, já em Portugal, a data é celebrada em seu dia mais tradicional: 14 de Fevereiro.
História
A história do Dia de São Valentim remonta um obscuro dia de jejum da
Igreja Católica, tido em homenagem a São Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado.
O dia é hoje muito associado com a troca mútua de recados de amor em forma de objetos simbólicos. Símbolos modernos incluem a silhueta de um coração e a figura de um
Cupido com asas. Iniciada no século XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa. Se estima que, mundo afora, aproximadamente um bilhão de cartões com mensagens românticas são mandados a cada ano, tornando esse dia um dos mais lucrativos do ano. Também se estima que as mulheres comprem aproximadamente 85% de todos os presentes.
São ValentimDurante o governo do imperador Claudius II, este proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objectivo de formar um grande e poderoso exército. Claudius acreditava que os jovens se não tivessem família, se alistariam com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentine e as cerimónias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam
flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega: Asterius, filha do carcereiro a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentine. Os dois acabaram-se apaixonando e milagrosamente recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: “de seu Valentine”, expressão ainda hoje utilizada. Valentine foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C.

Origem: Wikipédia

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Segurança na Internet

Sabia que 8 de Fevereiro é o dia Europeu da Segurança na Internet?
A equipa da Biblioteca recomenda um sítio da Internet com informações sobre o que é PERMITIDO e o que é PROIBIDO fazer na Internet para que naveguem sozinhos em segurança.
Vai ao seguinte endereço do Site Júnior:
http://www.junior.te.pt/servlets/Gerais?P=Pais&ID=1171

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007

Pacote de Escritório OpenSource

O OpenOffice é um completo pacote de produtividade de escritório, com um ambiente de trabalho idêntico ao Office da Microsoft, só que totalmente gratuito.
Trabalha de forma completamente transparente, com uma grande variedade de formatos de ficheiros, permitindo a troca destes com outros programas do género, e pode ser utilizado em vários sistemas operativos.
O OpenOffice inclui:
  • Writer - Processador de texto (tipo Word);
  • Calc - Folha de Cálculo (tipo Excel);
  • Impress - Apresentações Electrónicas (tipo PowerPoint);
  • Draw - Programa de Desenho;
  • Base- Programa de Bases de Dados (tipo Access);
  • Math - Equações Matemáticas;
Download gratuito em http://pt.openoffice.org
Tamanho do ficheiro: 62,6 Mb;
Línguagem: Inglês e Português.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

Dúvidas sobre a aplicação do ECD

Se tem dúvidas sobre a aplicação de determinados pontos do Estatuto da Carreira Docente (ECD), pode colocar as questões no Portal da Educação através do endereço de correio electrónico duvidasecd@professores.pt.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Como insistiram tanto, tanto, mas mesmo tanto... cá tou... lá terei de sacrificar outros compromissos e oportunidades para... pronto ok.... tudo pela nossa escola. E para começar nada como uma imagem, que identifica bem a minha forma de pensar e estar e que representa por um lado a minha área preferida (não sei se sabiam), mas também o "meter" mãos à obra....
P.S. Façam o favor de carregar na imagem para ficar maiorzita e assim terem o prazer de usufruir de toda a sua....

terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

Parlamento dos Jovens - 3º Ciclo

A sessão Distrital do Parlamento dos Jovens do 3º ciclo terá lugar no dia 27 de Fevereiro de 2007 na ES com 3.º CEB Gonçalo Anes Bandarra. A nossa escola irá participar com os seis alunos eleitos como os melhores deputados na Sessão Escolar.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007

Rally Paper das Pontes Apertadinhas


Uma breve amostra do Rally Paper da Escola Secundária de Pinhel,
realizado em Janeiro, que passou por algumas belas paisagens do concelho.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007

Provérbios para gente Culta

Expõe-me com quem deambulas e a tua idiossincrasia augurarei.Tradução - (Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.)
Espécime avícola na cavidade metacárpica, supera os congéneres revolteando em duplicado.Tradução - (Mais vale um pássaro na mão, que dois a voar.)
Ausência de percepção ocular, insensibiliza o órgão cardial.
Tradução - (Olhos que não vêem, coração que não sente.)
Equino objecto de dádiva, não é passível de auscultação odontológica.Tradução - (A cavalo dado não se olham os dentes.)
Descendente de espécime piscícola sabe movimentar-se em líquido inorgânico.Tradução - (Filho de peixe sabe nadar.)

Quem aguarda longamente, atinge a exaustão.Tradução - (Quem espera, desespera.)

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

Pensamento do Mês

Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. - É a única.
(Albert Schweitzer)

terça-feira, 30 de janeiro de 2007

O Logotipo

Breve história do logotipo da Escola.
Criado no ano lectivo 1999/2000 pela então aluna do 12ºD, Rita Joaquina Matias da Silva de Sousa Freire, no âmbito de um concurso lançado pela escola e integrado na disciplina de Teoria de Design.
Explicação da Autora:
"No seu total, o logotipo é uma construção manual de trés círculos de modo que estes demonstrem maior expressividade e movimento. Isto porque procurei transmitir a vivacidade da Juventude, quebrando assim com as típicas imagens já definidas pelo computador. Portanto, neste logotipo, está de certa forma implícita a tradicional frase "Juventude em Movimento". No entanto e como "Nem só de pão vive o Homem", também não seria justo que o logotipo fosse apenas um conjunto de círculos e, portanto, colori-o para que ganhá-se ainda mais vida.
O porquê das cores?
Pinhel, esta pacata cidade do interior, tomou o azul e o amarelo na criação da sua bandeira, e, então, seria injusto esquecê-la porque esta Escola é parte integrante nela. No entanto ainda utilizei o verde, não foi? Pois... agora é que a coisa se complica; mas como cultura numca fez mal a ninguém aproveito a frase de Picasso "Se não tens verde pinta com amarelo" e assim lhes digo que eu não tendo vermelho, pintei com verde.
No que diz respeito às linhas azuis, estas não são nada mais, nada menos, que as folhas de um dos meus cadernos escolares pois não há maior representação de uma escola senão mesmo uma das suas bases de trabalho.
Em suma, e explicando-me de forma globalizante, este logotipo é símbolo de crescimento expresso pelos trés tamanhos de círculos pretendendo assemelhá-lo ao crescimento e amadurecimento; desculpem-me a metáfora, mas permitam-me compará-lo a uma bola de neve que posta no cimo de uma montanha coberta do mesmo material rebola por ali abaixo e cresce sem cessar.
Essa bola somos nós; crianças do passado(amarelo), juventude do presente(verde) e adultos no futuro(azul)."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...